Dupla é presa após roubar R$ 600 mil em área nobre de Campos do Jordão

cdj

Dona do imóvel e sua empregada foram feitas reféns pelos criminosos.
Suspeitos fugiram no carro da vítima, mas foram detidos durante a fuga

Dois criminosos foram presos na tarde deste domingo (24) após roubarem cerca de R$ 600 mil de uma casa no bairro do Capivari, área nobre de Campos do Jordão. A moradora da residência que tem 75 anos e sua empregada de 56 foram mantidas reféns por cerca de seis horas pelos suspeitos, que acabaram presos durante a fuga na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, em Tremembé.

Segundo a Polícia Militar, os criminosos invadiram a casa e renderam a moradora e sua empregada. As duas foram amarradas e amordaçadas pelos criminosos, que durante a ação ainda ameaçaram as vítimas com um canivete.

Os criminosos roubaram joias, objetos pessoais, eletrodomésticos e os cartões de crédito das vítimas, que foram obrigadas a fornecerem as senhas dos cartões. Entre os itens roubados pelos criminosos estão a imagem de um santo, que vale R$ 300 mil, um medalhão Persa, que tem custo de R$ 100 mil, 38 pares de brinco, 22 anéis, seis broches, colares, pedras semi-preciosas, um faqueiro e um notebook.

Produtos roubados em Campos do Jordão valem cerca de R$ 600 mil, segundo a PM. (Foto: Divulgação/ PM)

Os suspeitos permaneceram na residência durante cerca de seis horas e em seguida fugiram no carro da vítima. Após a fuga dos criminosos, a dona da casa conseguiu se soltar e acionou a Polícia Militar pelo 190. O veículo foi visto passando pelo posto da Polícia Rodoviária Estadual na rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro e foi feito um cerco no trevo de Tremembé, onde foi feita a abordagem. Os dois suspeitos foram presos e confessaram o crime. No bolso de um deles, os policiais encontraram vários cartões de crédito e R$ 2.377 em dinheiro.

Após interrogar os criminosos, os policiais foram até um galpão em Campos do Jordão e conseguiram localizar todos os produtos roubados no crime. No local, foi encontrado ainda um caderno com anotações sobre a rotina da vítima. Além disso, foi apreendida uma espingarda calibre .16, uma camisa escura, uma toalha escura, um pé de cabra e uma maleta preta que, segundo os infratores disseram à polícia, seriam empregados em roubos de caixas eletrônicos.

Todos os pertences da moradora foram devolvidos à ela e os criminosos, presos por roubo qualificado, foram encaminhados à cadeia de Guaratinguetá.